Quadrinhos Subversivos - Sobrebarba

Quadrinhos Subversivos

por Samuel Tonin Maio 10, 2017

O cartunista Robert Sikoryak é um grande fã dos mash-ups. Nas suas playlists — geralmente recheadas de rap music — não faltam nomes como De La Soul, Beastie Boys e Girl Talk (nome artístico do DJ Gregg Gillis), todos mestres em samplear referências de outras bandas e artistas em seus trabalhos autorais — o Girl Talk, aliás, já conseguiu a proeza de unir 30 músicas diferentes em uma só.

A inspiração nos mash-ups é forte; no trabalhos dos quadrinhos é quase um imperativo. Recentemente, o nome de Sikoryak ganhou as páginas de jornais do mundo inteiro depois que ele lançou, em março, a versão impressa de “Terms and Conditions”, que rapidamente ficou entre as mais populares graphic novels da Amazon.

Na obra, que começou a ser publicada há dois anos na internet, o americano de 53 anos traz personagens clássicos (como Snoopy, Tintim, Homer Simpson, Smurfs, os Transformers, My Little Pony…) sempre com um quê de Steve Jobs: a barbinha, o óculos redondo, a inseparável gola rulê preta… Assim, o fundador da Apple ocupa o lugar do super-herói.

“Se você for pensar, o Steve Jobs usava uma fantasia, assim como os super-heróis, que estão muito presentes na história dos quadrinhos. E minha busca sempre foi de incorporar diferentes estilos no meu trabalho. Colocar todos esses personagens ‘fantasiados’ de Steve Jobs era o elemento que faria a conexão entre eles.”

Nos balões, o texto que entrou foram trechos do contrato “Termos e Condições de Serviços” da Apple. Aquele mesmo que você ignorou antes de configurar seu iPhone novo.

“É o documento recordista de downloads e, ao mesmo tempo, um dos mais ignorados no mundo. Meio que virou uma piada aqui nos EUA… Ninguém lê porque é muito longo, muito tedioso, repetitivo e bem o que se espera de advogados”, conta o quadrinista, via Skype, de sua casa em Nova York.

A parte preferida do documento? A que afirma que, ao usar o iTunes e os demais gadgets da Apple, “você também concorda em não utilizar estes produtos para qualquer fim proibido pelas leis dos Estados Unidos, incluindo, sem limitação, o desenvolvimento, a concepção, a fabricação ou a produção de armamento nuclear, mísseis, ou armas biológicas ou químicas.”

“Se você pensar bem, nada mais justo que eles peçam isso pra você”, ironiza o autor, que nunca foi acionado pela Apple nem por sua zelosa equipe jurídica. “Pensei que eles viessem atrás de mim, até porque já está na internet há mais de um ano e meio, agora ganhou essa atenção toda… “ Mas nada.

Sikoryak, um barbudo circunstancial, deixa seus pêlos crescerem toda vez que fica “entediado” com sua cara. Ou, recentemente, que têm feito leituras do seu livro em eventos com música ao vivo, projeções, atores… “Deixo a barba crescer pra ficar mais parecido com Steve Jobs”, conta o autor, que de fato aparece nesses eventos com o uniforme: jeans, gola rulê preta, óculos redondo…

A atenção de Sikoryak agora anda dividida com seu novo projeto, o “Unquotable Trump” (fotos abaixo), que também fará o caminho do outro livro: da internet para o papel.

Dessa vez, temos um vilão ou antagonista onipresente, Trump, e as inimagináveis frases que ele disse durante a campanha presidencial e agora na presidência dos EUA.

“Os tweets dele recebem muita atenção já, então eu decidi me focar nas coisas que ele fala, o que já dá muito pano pra manga. Vim pedindo sugestões para as pessoas, e me debruçar sobre esse material é exaustivo”, confessa Sikoryak, que trabalhou durante 12 anos com Art Spiegelman, cartunista famoso pela série “Maus”, uma crítica ao Holocausto.

Se ele edita ou altera alguma parte das declarações do atual morador da Casa Branca? “Uso a aspa completa, tal como foi dita por ele. As coisas que ele diz já são inacreditáveis por si sós”, acredita o cartunista, que não teme censura nem alguma investigação por parte da administração de Trump. “Acho que ninguém ali presta atenção em histórias em quadrinhos. Acho que eles estão mais preocupados com o Saturday Night Live, com o Alec Baldwin…”, brinca o autor, listando os principais “inimigos” e críticos do presidente.

Entre um quadrinho e outro, Sikoryak ensina ilustração e dá aula de comics na Parsons, faculdade de artes e design em NY.

É dele a Mixtape desta semana!





Samuel Tonin
Samuel Tonin

^

Publicitário, ciclista, gamer e aspirante a baixista nas horas vagas. Fundador da Sobrebarba.



Leia também

É Dia Mundial da Terra. Como comemorar?
É Dia Mundial da Terra. Como comemorar?

por Samuel Tonin Abril 22, 2019 0 Comentários

22 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Terra. É um dia de refletir sobre o nosso impacto no meio ambiente.

Veja 5 ideias bem simples pra colocar em prática no dia-a-dia

Ver artigo completo →

Contagem Regressiva pra um Limão Nascer
Contagem Regressiva pra um Limão Nascer

por Samuel Tonin Abril 16, 2019 0 Comentários

Não vejo a hora de ver a família Lemon Drop crescer com os novos Shampoo, Condicionador e Balm de Barba, mas essa empolgação toda não é só pelo lançamento.

É que esse aroma cítrico nunca existiria se não fossem tantos barbudos como você que ajudam a criar a Sobrebarba todos os dias.

Ver artigo completo →

Não é só deixar a barba crescer: 4 dicas importantes
Não é só deixar a barba crescer: 4 dicas importantes

por Samuel Tonin Abril 09, 2019 0 Comentários

Já cheguei a pensar que barba de verdade é barba grande que cresce solta sem aparar. Mas não podia estar mais enganado.

Aqui tem 4 cuidados simples que, muitas vezes, a gente acaba deixando de lado.

Ver artigo completo →

No Dia Mundial da Terra você tem 10% de desconto em seu pedido aqui no site.

Use o código: DIADATERRA10

x
Welcome to the Loyalty Points Demo Store :-)

Sign up and receive 5000 pts to test out in our Store.

Earning and redeeming Pontos

$1
Earns you
5
$1
Redeems to
20
Ways you can earn
  • Product Purchase
  • Refer a friend
  • Share on social media

Learn more about our program

x