Barba solta na natureza selvagem: Ásia

por Samuel Tonin dezembro 18, 2016 0 Comentários

As únicas certezas de que Jaime Portas Vilaseca, nosso parceiro da equipe de expedições Miramundos, tinha é que sua viagem de férias começaria por Bangkok, na Tailândia, e terminaria nos Pirineus, na Espanha. O que aconteceria nos 48 dias e 6 países a serem visitados…

“Nossa ideia era ‘bookar’ o mínimo possível do nosso roteiro e, ao longo da viagem, sentir quais seriam as melhores cidades e países pra explorar”, conta ele, que, junto da mulher, Gabriela, anda atrás de um templo, um pôr-do-sol, uma história mais deslumbrante que a anterior.
No meio dessa trip, ele conta como têm sido os dias.

MYANMAR
“Começamos em Bangkok e, de lá, voamos para Yangon, que fica em Myanmar (antiga Birmânia). Lá ficamos 1 dia para conhecer um dos templos budistas mais antigos e sagrados do mundo. No dia seguinte, fomos para Bagan, onde existem pelo menos 1.000–1.500 templos espalhados por um gigantesco jardim! O mais legal de tudo é que lá você pode percorrer tudo de bicicleta ou alugar uma moto elétrica. Recomendo assistir a um pôr-do-sol por lá. Se der sorte, você ainda pode voar de balão!

Não tem como falar de Myanmar e não falar do povo, sem dúvidas o mais simpático e hospitaleiro que já conheci. Eles são de uma simplicidade e educação incríveis. Foi muito bom poder ter esse contato com um país que está sendo descoberto ainda, que ainda não é foco de turismo, a própria forma como abordam o turista é diferente. Diferente até do Vietnã, que já tem mais turismo. A gente consegue identificar neles um esforço pra ter reconhecimento…

Depois de 4 dias percorrendo Bagan pelas trilhas, pegamos uma minivan, que foi uma verdadeira aventura! Viajamos 9 horas por estradas esburacadas, sem entender uma palavra do que o motorista falava, e com muitas paradas para colocar motos no teto da van até chegarmos a Inle Lake, conhecida pela beleza do lago e pelos vilarejos flutuantes.

Chegando lá, decidimos nos hospedar em Nyaung Shwe, que fica fora do lago, bem mais interessante para mochileiros como a gente. Nyaung Shwe é a cidade-base para quem quer explorar o lago, então alugamos um barco e ficamos 3 dias explorando a região.

Alugamos bike e fizemos um pouco do percurso fora do barco, aproveitando para conhecer pequenos vilarejos. Em um dos dias, percorremos 30km de bike, atravessamos para a outra margem do lago com as bikes para pegar o pôr-do-sol do alto da montanha Red Mountain, tomando um vinho local.



VIETNÃ
Seguimos para Hanói, no Vietnã, onde, reparei, os moradores são muito vaidosos. Não vi nenhum salão masculino, tem muita coisa pra mulher, manicure… Mas percebi umas caixas no meio da rua. Daí chega um cara, abre as caixas e monta um salão. Eles são super profissionais, detalhistas, quase não falam inglês, e é praticamente com mímica que a gente consegue se comunicar com o cara!

Também conhecemos Halong Bay, onde fizemos remo pelas formações rochosas e, depois, seguimos para Hoi An, cidade em que você também pode pedalar bastante — percorremos de bike todas as plantações de arroz.

Ainda vamos para o Camboja, queremos visitar o Siem Reap, um dos templos mais antigos e onde existe a tradição de acordar supercedo e pedalar por uns 10km até o templo para ver o sol nascer.

Depois seguimos para a ilha Ko Tao, na Tailândia, onde vamos mergulhar, depois vamos para a Suíça, onde vamos passar a virada do ano, e fechamos na Espanha, esquiando nos Pirineus.

O legal é que temos conseguido encaixar atividades bem legais, aqui é um prato cheio pra quem gosta de aventura!"


Samuel Tonin
Samuel Tonin

^

Publicitário, ciclista, gamer e aspirante a baixista nas horas vagas. Fundador da Sobrebarba.


Leia também

Dicas Para uma Barba Lenhador em um Rosto Arredondado
Dicas Para uma Barba Lenhador em um Rosto Arredondado

por Samuel Tonin abril 13, 2022 0 Comentários

O uso de linhas retas nas maçãs do rosto e ângulos mais fechados traz uma ar mais alongado ao rosto redondo. Veja mais enquanto o Ornellas apara a barba do Joey. 

Ver artigo completo →

Quando Barbudos não têm Medo de Mudar o Estilo de Barba
Quando Barbudos não têm Medo de Mudar o Estilo de Barba

por Samuel Tonin fevereiro 18, 2022 0 Comentários

Você é do time dos barbudos que preferem manter sempre o mesmo visual e nunca mudar o estilo de barba ou é dos que não têm medo de errar e experimentar um visual diferente sempre que dá vontade?

Ver artigo completo →

Quando você vira refém da sua própria barba
Quando você vira refém da sua própria barba

por Samuel Tonin janeiro 24, 2022 0 Comentários

Até que ponto nós estamos reféns da nossa própria barba? Mantemos sempre igual por aceitação? Praticidade? Por já estarmos acostumados com a sua barba desse jeito? Barbudos dão seus relatos.

Ver artigo completo →